quinta-feira, 21 de junho de 2012

"FALANDO PARA A CIDADE, COCHICHANDO PARA O INTERIOR"

video
Nos anos 1970, ainda garoto, um dos melhores programas que havia era ir ao futebol com meu pai e irmãos. Tudo era interessante, além do jogo, claro: a torcida (do Corinthians, uma das boas heranças do Seu Rubens), o batuque, os palavrões... Era o tempo de Rivelino, dos 23 anos sem ganhar um campeonato. Tempo bom de futebol limpo, em que cada time tinha um craque que as torcidas adversárias admiravam -Ademir da Guia no Palmeiras, Pedro Rocha no São Paulo, o tal do Édson, camisa 10 do Santos.
   
Fim de jogo, ganhando ou perdendo, a volta para casa tinha uma atração especial: era o Show de Rádio, comandado por Estevam Sangirardi. Um dos destaques era a Rádio Camanducaia, que você ouve clicando na imagem acima. O locutor era interpretado pelo locutor poçoscaldense Odayr Batista.
   
Nessa gravação, em "quase ondas médias", há uma referência a Poços de Caldas. Divirta-se!

1 comentários:

AnaCristina disse...

por aqui somos palmeiras rsrsrs ao menos quando mudarmos para poços vai combinar com o verde da caldense rs

Postar um comentário

Memória de Poços de Caldas é um trabalho cultural, sem fins lucrativos, e democrático. Aqueles que quiserem se comunicar diretamente com o autor podem fazê-lo pelo email rubens.caruso@uol.com.br .